Aeroporto britânico procura dono de urso centenário

20 de dezembro de 2013

O brinquedo foi encontrado no Aeroporto de Bristol junto a uma foto dedicada a um combatente da Primeira Guerra Mundial. 

Nesse Natal, os trabalhadores do Bristol Airport, na Inglaterra, estão se mobilizando em uma campanha nacional para encontrar o dono de um urso de pelúcia centenário. O brinquedo chamou a atenção de funcionários do aeroporto por ter sido encontrado junto a uma fotografia datada de 1918. Ambos os objetos foram deixados em uma sacola no salão de embarque do aeroporto em fevereiro de 2012 e desde então ninguém reclamou a perda. (fotos: Divulgação)

No entanto, o que poderia ser apenas mais um entre as centenas de objetos perdidos ou esquecidos no aeroporto ganhou a atenção dos funcionários. O curioso do caso é a dedicatória que aparece no verso da foto encontrada junto ao urso. O texto assinado por Dora e Glyn, as duas meninas que aparecem na fotografia, é endereçado ao pai das mesmas, um combatente na Primeira Guerra Mundial.

niñasFoto das irmãs Dora e Glyn junto ao urso (1918)

Estes peculiares ingredientes históricos provocaram a mobilização de pessoas de todo o mundo, desde fabricantes de urso artesanais a historiadores, que se ofereceram para ajudar na procura.

Após investigações, os trabalhadores do aeroporto descobriram que o destinatário, Nicholas James Baker, foi morto em Bagdá, no Iraque, durante a Primeira Guerra Mundial apenas um mês depois de receber a foto. As meninas fotografadas são as filhas do soldado, que moravam no sul do País de Gales.

cartaDedicatória encontrada no verso da foto

Agora, a principal preocupação dos trabalhadores do aeroporto é encontrar o dono do urso, batizado como o “Bristol Bear”, e estabelecer a relação que ele tem com as pessoas da foto.

A assessora do Bristol Airport, Jacqui Mills, disse que “seria um grande presente de Natal se o urso de pelúcia e a fotografia voltassem para a respectiva família”. Mills também contou que Hilary Kaye, uma especialista em antiguidades, afirmou que o urso de pelúcia foi fabricado pelo britânico Farnells e que emulava o famoso Ursinho Pooh das histórias.

Ana Abril com informações da BBC

Ana Abril (90 Postagens)

Estudante do último ano da dupla graduação em Jornalismo e Comunicação Audiovisual. Mora em Praga, na República Tcheca. Colunista da Revista Embarque.


Redação Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com
Email: jornalismo@midiaconsulte.com.br

Fone: (11) 3101-1912

Comentários