Aeroporto de Moscou recebe investimentos que vão além da Copa do Mundo

Terminal é porta de entrada do país e recebeu cerca de 40 milhões de passageiros em 2017

Por: Redação Revista Embarque - 22 de junho de 2018

Divulgação

Todo país sede da Copa do Mundo faz melhorias em seus aeroportos para receber o Mundial e, na Rússia, não foi diferente. No entanto, as melhorias no Aeroporto de Moscou – Sheremetyevo, porta de entrada para Rússia, vão muito além do Mundial.

O governo russo implantou um sistema de desenvolvimento de longo prazo que vai investir cerca de US$ 2,6 bilhões no Terminal até 2026.

Antes do começo do Mundial, o país havia entregado um novo terminal no Aeroporto de Moscou com capacidade para 20 milhões de passageiros por ano que custou cerca de US$ 330 milhões. O terminal tem novas passagens subterrâneas interligando diferentes áreas do aeroporto orçadas em US$ 235 milhões e um complexo de cargas no valor de US$ 150 milhões.

O sistema de reabastecimento de aeronaves também foi ampliado, permitindo que até 14 aviões de grande porte recebam combustível simultaneamente. Além disso, um novo terminal com capacidade para 20 milhões de pessoas está sendo construído e deve ser entregue em 2019.

O Aeroporto de Sheremetyevo opera voos internacionais e domesticos e atendeu mais de 40 milhões de pessoas em 2017.

Redação Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com
Email: jornalismo@midiaconsulte.com.br

Fone: (11) 3101-1912

Comentários