Mais de 1,8 mil armas de fogo são confiscadas em aeroportos nos EUA

14 de fevereiro de 2014

Passageiros reclamam das excessivas medidas de segurança adotadas.

Mais de 1,8 mil armas de fogo foram apreendidas pela Administração de Segurança do Transporte (TSA) dos EUA em 205 aeroportos do país durante 2013. Embora os EUA seja o país com mais armas per capita -89 armas para cada 100 habitantes- existe uma regulamentação rigorosa no transporte aéreo de armamento.  (fotos: Pronk Papers  / Blog TSA / Reddit)

O dado é alarmante já que a média indica que foram descobertas cinco armas por dia, sendo que 81% delas estavam carregadas. O mais grave é que os dados não melhoram com o tempo, visto que o incremento de armas encontradas pelos agentes da TSA em relação a 2012 foi de 16,5%.

O Hartsfield-Jackson Atlanta International Airport, o aeroporto mais transitado do mundo, é o recordista da lista com 111 armas de fogo confiscadas. O Dallas/Fort Worth International Airport e o George Bush Intercontinental Airport de Houston ocupam a segunda e terceira posição com 96 e 68 armas descobertas respectivamente.

spraySpray de pimenta camuflado em batom e confiscado pela TSA em 2013

As informações do órgão de segurança publicadas no TSA Blog Year in Review: 2013 também revelam outros artigos perigosos cujo trânsito pelo posto de segurança não é permitido. Facas, pó preto, granadas, armas de choque e sprays de pimenta foram achados pelos agentes apesar dos esforços dos passageiros portadores para camuflá-los.

“Uma arma de choque disfarçada para se parecer com um batom foi descoberta em St. Louis”, conta Bob Burns, blogger da TSA. Outro dado impressionante se refere à imaginação dos portadores de objetos ilegais na hora de ocultar os aparelhos proibidos. “Uma faca foi encontrada em um porta-escova de dentes em Lihue” continua Burns.

O blog da TSA é uma forma da agência demonstrar o papel fundamental que teve na segurança dos quase 639 milhões de pessoas que passaram pelos aeroportos americanos em 2013. Porém, muitos passageiros consideram um incomodo os registros exaustivos e algumas medidas de segurança de aeroportos.

126583Woody sendo registrado por agente em posto de segurança do Heathrow Airport

Virginia Blackburn, colunista do tabloide britânico Daily Express, critica em um artigo as exageradas medidas de segurança adotadas por alguns aeroportos durante os últimos anos. Como exemplo, Blackburn cita a história de uma criança portadora de um boneco Woody –do filme Toy Story- armado com um revólver do tamanho de uma unha que foi apreendido pelos agentes de segurança no Heathrow Airport, em Londres. A história que foi conhecida através da rede social Reddit, levantou críticas, sendo que o aeroporto justificava que as normas pertenciam ao Departamento de Transporte (DFT) de Reino Unido.

Do outro lado, em agosto de 2013, Braulio Junqueira, delegado de Polícia Civil, foi impedido de embarcar em um avião por estar armado com uma pistola. O episódio ocorreu no Aeroporto Municipal João Batista Figueiredo, em Sinop no Mato Grosso, acabaram na delegacia porque Junqueira perdeu o embarque apesar de estar protegido pela Lei 9.437, que permite a autoridades públicas com autorização para porte de arma embarcar com suas armas devidamente desmuniciadas.

Contudo, parece que o problema não é a lei sobre o embarque de passageiros portadores de armas de fogo, mas a atitude desmedida de alguns agentes de segurança. É certo que tanto a lei brasileira como a americana estabelecem que mesmo réplicas ou imitações de armas estejam proibidas de embarcar. Contudo, é indiscutível que a retirada da pequena arma do boneco Woody foi uma interpretação radical da lei.

Já no caso do policial, o problema surge pela falta de conhecimento da jurisdição por parte de alguns funcionários das companhias aéreas. Os passageiros reclamam que esses casos podem provocar a perda do avião, além de situações de estresse não planejadas antes da viagem.

Ana Abril com informações do Blog TSA, do Olhar Direto, da ANAC e do Daily Express

Ana Abril (90 Postagens)

Estudante do último ano da dupla graduação em Jornalismo e Comunicação Audiovisual. Mora em Praga, na República Tcheca. Colunista da Revista Embarque.


Redação Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com
Email: jornalismo@midiaconsulte.com.br

Fone: (11) 3101-1912

Comentários