Azul faz homenagem a Carlos Gomes e batiza aeronave com nome do maestro

O evento de batismo do jato Embraer 195 ocorreu no Aeroporto de Viracopos, em Campinas

Por: Revista Embarque - 23 de setembro de 2016

Modelo do Jato Embraer 195 da Azul

Em homenagem aos 120 de morte do compositor de “O Guarani” Antonio Carlos Gomes, a Azul Linhas Aéreas batizou um dos jatos Embraer 195 com o nome Maestro Carlos Gomes. 

O evento de batismo da aeronave ocorreu no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, cidade natal do Maestro.

A aeronave foi recepcionada sob os tradicionais jatos d’água do Corpo de Bombeiros. Além disso, Alcides Costa, presidente do Centro de Ciências, Letras e Artes de Campinas recebeu uma placa que homenageia Carlos Gomes por sua contribuição para a cultura nacional.

“Prestamos hoje uma homenagem a um dos cidadãos de maior destaque de Campinas, com uma contribuição cultural muito importante para a música brasileira. Nada mais justo a Azul fazer parte deste momento e ter uma aeronave exclusiva para levar o nome de Carlos Gomes a todo o país, uma vez que Campinas é o grande centro de operações da companhia”, destaca Claudia Fernandes, diretora de Marketing e Comunicação da Azul.

O jato Embraer 195 – com 118 assentos percorrerá rotas domésticas em todas as regiões do país.O compositor

Antonio Carlos Gomes, também conhecido como Nhô Tinoco, nasceu em 11 de julho de 1836 em Campinas. Sua atuação como compositor teve o estilo romântico como destaque, o que tornou seu trabalho conhecido na Europa. Como consequência, foi o primeiro compositor brasileiro a ter obras apresentadas no Teatro alla Scala, em Milão (Itália). É o autor da obra O Guarani e patrono da cadeira de número 15 da Academia Brasileira de Música.

 

 

Redação Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com
Email: jornalismo@midiaconsulte.com.br

Fone: (11) 3101-1912

Comentários