Aviofobia: medo de andar de aviação atinge 40% da população

Confira algumas dicas para superar o pânico

6 de julho de 2016

voar aviao

divulgação

Andar de avião está cada vez mais acessível, mas o medo de voar ainda é grande. Segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope), de cada dez brasileiros, pelos menos quatro, sofre com medo de embarcar em aeronaves, ou seja, o temor em voar atinge 40% da população.

De acordo com especialistas, a fobia de aeronaves é duas vezes mais comum no sexo feminino e, se não tratada, pode levar a outros transtornos ansiosos.

O medo de voar pode resultar em um transtorno de ansiedade chamado Aviofobia. A doença é caracterizada por medo intenso, irracional e persistente de viajar em aviões. A fobia se manifesta no momento em que o avião decola, como se fosse gatilho. A partir daí surge ansiedade intensa, dificuldade de respirar e até ataque de pânico.

Segundo especialistas, o medo intenso é mais comum no final da adolescência, mas também pode afetar as crianças. Os pequenos normalmente traduzem a fobia com choro, imobilidade e raiva. E o mais agravante, os casos de fobia iniciadas na adolescência tem o risco de continuar na fase adulta.

Por isso, é importante a busca de um diagnóstico e tratamento adequados para superação do medo.

Confira a seguir algumas dicas para superar o pânico de viajar de avião

Antes da viagem: ter dias tranquilos antes da viagem te ajudará a ficar menos ansioso. Para garantir isso, se organize de modo que todos os preparativos sejam feitos com antecedência e tranquilidade, assim você não terá preocupações no dia. Além disso, tenha uma boa noite de sono e use roupas confortáveis para viajar, pois se sentir incomodado no avião deixará o voo ainda mais desagradável. Também é aconselhável evitar cafeína para não ficar muito agitado.

No aeroporto: chegue ao aeroporto com antecedência e já leve os documentos separados para não correr o risco de ter problemas antes da viagem. Ande pelo terminal para se ambientar e procure distrações como lojas ou cafés. Além disso, uma boa dica é observar a calma dos demais passageiros.

Dentro da aeronave: sente no corredor. Assim, você conseguirá esticar as pernas e levantar para dar uma volta com mais facilidade. Além disso, sentando na janela você vai acabar olhando para fora e isso pode causar mais medo.

Converse com os comissários de bordo: não se incomode em falar para os membros da tripulação que você tem medo de avião. No geral, eles são treinados para lidar com essas situações e costumam ser bem atenciosos. Caso se assuste com algo que parece estranho, converse com os comissários de bordo que eles explicarão o que é aquilo e, se for o caso, esclarecerão que não há nada de errado ou que a tripulação está treinada para lidar com está acontecendo.

*dicas do aeroporto Internacional de Guarulhos

Redação Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com
Email: jornalismo@midiaconsulte.com.br

Fone: (11) 3101-1912

Comentários