Curta o Carnaval e saiba seus direitos em casos de cancelamentos de voos

AirHelp divulga orientações para evitar transtornos nesse período de Carnaval e folia

Por: Redação da Revista Embarque - 17 de fevereiro de 2023

O feriado de Carnaval se aproxima e promete movimentar os aeroportos brasileiros. Somente nos aeroportos da Rede Infraero e GRU Airport são esperados cerca de 2, 3 milhões de passageiros. O número de viajantes pode ser 70% maior do que o registrado no mesmo período de 2022. (Foto: Freepick)

Para garantir viagens mais tranquilas, é importante que os passageiros aéreos se planejem antecipadamente, conheçam seus direitos e, em caso de problemas, tomem algumas medidas que possam auxiliá-los a pleitear uma indenização junto às companhias aéreas.

“É uma obrigação das aéreas garantir aos passageiros acesso à comunicação, alimentação e acomodações. Entretanto, as compensações podem variar de acordo com os países de origem e destino dos voos, gerando dúvidas. Apesar dos inúmeros inconvenientes que podem ocorrer antes mesmo do embarque ou chegada ao destino, muitos viajantes não procuram orientações por falta de conhecimento”, explica Luciano Barreto, diretor-geral da AirHelp no Brasil.

Confira orientações da AirHelp que ajuda os viajantes a evitar transtornos nesse período de folia. Confira:

Reserve as passagens com antecedência e escolha voos diretos
É possível encontrar voos menos lotados e tarifas aéreas mais baratas se reservadas com antecedência. Além de economizar, o passageiro pode garantir bons assentos no avião. Também é recomendável optar por voos diretos. Voos com escalas podem ser um pouco mais baratos, mas têm maior chance de atrasos e cancelamentos.

 Evite os dias de viagem de Carnaval mais movimentados

Como a maioria dos viajantes deve planejar seus voos nos dias de folga, é provável que muitos tentarão voar antes do Carnaval e retornem no último dia de feriado. No entanto, se puder evitar os dias mais movimentados, tente fazê-lo, pois isso pode evitar estresse.

Chegue ao aeroporto mais cedo do que o habitual

A maioria das pessoas costuma chegar nos aeroportos 90 minutos antes do horário de embarque para fazer check-in. Em períodos de grande movimento, é aconselhável chegar com pelo menos 4 horas de antecedência para completar todas as etapas e verificações sem o risco de atrasos e consequente perda do voo.

Esteja preparado para atrasos ou cancelamentos

Durante a temporada de Carnaval, é possível que haja atrasos e cancelamentos de voos. É importante que os viajantes se certifiquem de conhecer seus direitos como passageiro aéreo e verifique se é elegível para compensação se o voo for interrompido.

Questione o motivo do atraso do voo

O passageiro deve ser persistente ao questionar o motivo do problema do voo. Se a companhia aérea for diretamente responsável pelo atraso ou cancelamento, em caso de problemas técnicos ou falta de tripulação, por exemplo, o viajante pode
ter direito a uma compensação de voo. Eventos extraordinários, como condições climáticas extremas ou situações epidemiológicas, podem desobrigar a empresa aérea de pagar a indenização.

Guarde os documentos de viagem

Tanto o cartão de embarque quanto outros documentos de viagem podem facilitar a comprovação de que o passageiro comprou uma passagem e fez o check-in.

Reúna evidências de atraso

Fotos do quadro de embarque ou comunicações da companhia aérea confirmando a interrupção ajudará o viajante a processar sua reclamação. Caso tenha sofrido danos morais devido a problemas de voo, por exemplo, se perdeu um compromisso importante, é importante documentar também.

Opte por esperar ou cancelar o voo se o atraso for superior a quatro horas

Se o atraso ocorrer e for superior a quatro horas, é escolha do passageiro aguardar o próximo voo disponível ou solicitar o reembolso do preço da passagem. Independentemente de receber um reembolso, ele ainda pode ter direito a uma compensação adicional.

Guarde os recibos de despesas extras

Se o viajante acabar pagando por acomodação, refeições adicionais, acesso à internet ou qualquer coisa que não precisaria se estivesse no avião, isso pode ser reembolsado. É indicado que guarde os recibos, pois poderá precisar deles.

(Visited 127 times, 1 visits today)

Redação Revista Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com