NYT leva Pulitzer pela série “vítima do ataque terrorista na maratona de Boston”

14 de abril de 2014

O prêmio é considerado um dos prestigiados do jornalismo norte-americano

A Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, anunciou na segunda-feira, 14, os vencedores do Pulitzer 2014, o mais prestigiado prêmio de jornalismo dos EUA. Os jornais The Guardian e Washington Post dividiram a principal categoria, “Serviço Público”, pela divulgação das denúncias de Edward Snowden sobre os esquemas de espionagem do governo norte-americano.
Na categoria “Breaking News” (“últimas Notícias”, em tradução livre), o vencedor foi o Boston Globe, pelo trabalho na cobertura do ataque terrorista na maratona de Boston, em abril do ano passado. Na categoria de “jornalismo investigativo”, o prêmio foi para Chris Hamby, do Centro de Integridade Pública, pela reportagem sobre a negligência de médicos e advogados em processos de mineradores com problemas respiratórios contra suas empresas.

Reportagem
Eli Saslow, do Washington Post, foi o vencedor na categoria “Reportagem Explicativa”, por seu trabalho escrevendo sobre a pobreza na América. Will Hobson e Michael LaForgia, do jornal de bairro Tampa Bay Times, venceram na categoria “Reportagem Local”, por sua investigação na oferta de casas populares para moradores de rua na Flórida.
O tratamento de veteranos de guerra foi o tema da reportagem de David Philipps, do The Gazette, vencedora na categoria “Reportagem Nacional”. Na categoria “internacional”, o prêmio ficou com Jason Szep e Andrew R.C. Marshall, da agência Reuters, pela matéria sobre a minoria muçulmana em Myanmar.

Melhor Fotografia
Pela primeira vez desde 2011, nenhum Pulitzer foi entregue na categoria “melhor escrita”. Em “melhor fotografia”, o prêmio foi para Josh Haner, do New York Times, pela série sobre a recuperação de uma vítima do ataque terrorista na maratona de Boston.
Completam a lista Stephen Henderson, do Detroit Free Press (“Comentarista”); Inga Saffron, do Philadelphia Inquirer (“Crítica”); a equipe do jornal The Oregonian (“Editorial”); Kevin Siers, do The Charlotte Observer (“Chargista”); e Tyler Hicks, do New York Times, na cobertura de uma chacina no Quênia (“Fotografia Factual”).

Confira o vídeo do New York Times!
http://nyti.ms/13vpCtI

 

 

 
Com informações do Portal Imprensa

(Visited 512 times, 1 visits today)

Redação Revista Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com
Email: jornalismo@midiaconsulte.com

Fone: (11) 96948-7446

Whatsapp: (11) 96948-7446