São Paulo: Centro Cultural Correios receberá panorama da arte contemporânea brasileira

Mostra “Vértice” conta com mais de 200 obras do acervo de Sérgio Carvalho

16 de dezembro de 2015

O Centro Cultural Correios recebe, a partir do dia 3 de fevereiro, a mostra Vértice, primeira da série Coleções, com mais de 200 obras do acervo de Sérgio Carvalho. Com curadoria de Marília Panitz, Marisa Mokarzel e Polyanna Morgana, a exposição que já esteve em Brasília e no Rio chega a São Paulo com trabalhos de 64 artistas, entre eles estão Efrain Almeida, Antonio Dias, Farnese de Andrade, Nelson Leirner e José Rufino.

A mostra reúne pinturas, esculturas, desenhos, fotografias, vídeos e instalações. Realizada pela 4 Art Produções Culturais, a exposição permanecerá no Centro Cultural Correios de São Paulo, até 27 de março de 2016.

Com o objetivo de trazer ao público um panorama da arte contemporânea brasileira, com base no intercâmbio de distintos olhares, a exposição propõe uma discussão sobre as inúmeras possibilidades de um acervo e da produção de um conjunto de artistas. As obras serão classificadas em três módulos: Relatos, Construções e Assombros.

Relatos, com curadoria de Marília Panitz – reúne obras que têm a ver com os deslocamentos para ver e descrever o mundo. Apresenta um viés político, antropológico e artístico, onde as obras muitas vezes invadem outros campos de conhecimento. São trabalhos que apostam na produção em torno das relações espaço-tempo do homem na História, seus documentos (de cultura e barbárie) e na sua própria memória.

Construções, com curadoria de Polyanna Morgana – lança um olhar para as obras que se pautam pela herança histórica do artista russo construtivista Vladimir Tatlin (1914). Participam fotografias, pinturas, esculturas, vídeos e instalações, onde é possível reconhecer uma tendência da arte que se debruça sobre as condições de se arquitetar uma obra no mundo, enfatizando, neste processo, diversos aspectos físicos, formais, conceituais, históricos e institucionais.

Assombros, com curadoria de Marisa Mokarzel – constitui um espaço de segredos, veladuras que se espalham pelo lúdico e cruel das coisas, percorrendo lugares oníricos, de pesadelos, violências e delicadezas. Neste lugar instável a ficção e a realidade se atravessam. A palavra assombro se aproxima tanto da condição de espanto como da de admiração, assim como mistérios, enigmas e estranhezas.

Sobre o colecionador

Residente em Brasília, Sérgio Carvalho, 54 anos, é formado em direto e começou sua coleção de arte contemporânea em 2003. Hoje, 12 anos após iniciar sua coleção, Carvalho reúne obras de alguns dos mais importantes artistas contemporâneos brasileiros, entre os quais Regina Silveira, Emmanuel Nassar, Hildebrando de Castro, Rubens Mano, Berna Reale, Sofia Borges, e Wagner Barja.

“Depois que me interesso por uma obra, procuro conhecer quem a fez. Raras são as obras que eu não conheço, pessoalmente, o autor. Interessa o contato com o artista e o seu particular universo. Procuro adquirir um acervo significativo de cada um dos artistas que integram a coleção, algo entre dez e vinte obras. Gostaria de ter uma exposição individual de cada um”, explica Sérgio.

Serviço
Vértice
Quando: 3 de fevereiro a 27 de março 2016
Local: Centro Cultural Correios de São Paulo
Endereço: Av. São João, s/n – Vale do Anhangabaú, São Paulo/SP
Horários: De terça-feira a domingo, das 11h às 17h
Entrada Gratuita

 

 

Redação Revista Embarque

Redação Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com
Email: jornalismo@midiaconsulte.com.br

Fone: (11) 3101-1912

Comentários