ABEAR divulga as mudanças nas viagens de avião durante e pós-pandemia

As companhias aéreas estão seguindo rigorosamente as orientações das autoridades sanitárias para manter o coronavírus longe do voo.

Por: Redação Revista Embarque - 3 de julho de 2020

A ABEAR (Associação Brasileira das Empresas Aéreas) divulgou  perguntas e respostas com importantes orientações de como será voar em tempos de COVID-19. (foto:  Anna Shvets no Pexels)

Fundada há oito anos, a entidade representa as principais companhias aéreas brasileiras — AZUL, GOL, LATAM, Passaredo entre outras.

Segundo a ABEAR, as companhias aéreas estão seguindo rigorosamente as orientações das autoridades sanitárias para manter o coronavírus longe do voo.

Revista Embarque publica as recomendações da ABEAR que tira dúvidas sobre as viagens de avião durante (e após) a pandemia:

ANTES DA VIAGEM

Como fica o check-in e o despacho de bagagens?

A melhor recomendação é fazer o check-in online, no site ou aplicativo, sempre que for possível. É prático, rápido e evita contatos que possam expor a pessoa ao risco de se infectar. Se o passageiro precisar de atendimento no balcão, as empresas aéreas estão trabalhando para garantir o distanciamento de 2 metros nas filas – e contam com a colaboração de todos. Os principais aeroportos contam também com o serviço de autoatendimento para despacho de bagagens.

Vou precisar usar máscara o tempo todo?

Sim. A máscara é um item essencial para reduzir o risco de infecção pelo novo coronavírus e deve ser usada nos aeroportos e também dentro do avião. A regra vale para passageiros, tripulantes e funcionários dos terminais – todos devem já chegar ao aeroporto de máscara, que pode ser de pano. O site da Anvisa tem orientações para você usar máscaras de pano da forma correta, para garantir a sua proteção e de outras pessoas.

NO EMBARQUE
Como será a fila de embarque?

Vale a mesma regra das filas para check-in: distanciamento. Cada companhia tem adotado um método de embarque para garantir o conforto e a segurança dos passageiros. Siga as instruções, aguarde sua vez e não forme filas e aglomerações.

Álcool em gel dentro do avião, pode?

Pode, sim… e deve! Junto com o uso da máscara e o distanciamento social, a higiene das mãos com álcool em gel faz parte do conjunto de precauções para reduzir o risco de contágio. Só precisa seguir as regras de transporte deste tipo de substância nos voos. Para uso dentro do avião, o passageiro pode levar na mala de mão até 500 ml, em voos nacionais. Em trajetos internacionais, o máximo permitido é de 100 ml, que deve ser transportado em frasco de plástico transparente. Sempre verifique se o fechamento do recipiente funciona bem para evitar vazamentos.

O que muda dentro dos aeroportos?

Os aeroportos estão reforçando as rotinas de limpeza e adotando medidas para reduzir o contato dos passageiros e, assim, os riscos de contaminação. A sinalização trará orientações sobre o distanciamento de 2 metros em filas e espaços comuns, como praças de alimentação. Alguns assentos da área de embarque ficam bloqueados para aumentar a distância entre os passageiros que aguardam o voo. Familiares e motoristas não poderão mais acompanhar ou aguardar passageiros nos aeroportos para evitar aglomerações no saguão.

DENTRO DO AVIÃO

As autoridades recomendaram a suspensão do serviço de bordo nos voos nacionais, a redução dos deslocamentos dentro da aeronave e a manipulação de embalagens. Em voos mais longos, as companhias estão priorizando alimentos e bebidas em embalagens individuais e fechadas, que serão devidamente higienizadas antes de serem oferecidas aos passageiros, normalmente no momento do embarque.

Há mais risco de contaminação dentro do avião fechado?

A qualidade do ar é uma preocupação das companhias aéreas desde antes da pandemia. Os aviões são equipados com um sistema de filtragem tão eficiente que é usado também pelos hospitais. O ar é renovado a cada três minutos, e os filtros eliminam mais de 99% dos vírus e bactérias, incluindo o novo coronavírus. As companhias aéreas também reforçaram seus procedimentos de higienização das aeronaves, seguindo as orientações das autoridades sanitárias. Mesmo assim, não dispense a máscara, que reforça sua segurança e é obrigatória durante todo o voo.

NO DESEMBARQUE

E depois do pouso, como será o desembarque?

Na chegada, é fundamental que os passageiros sigam as orientações da tripulação, sem aglomeração em pé no corredor do avião. Permaneça sentado até a autorização para saída da aeronave. Familiares e motoristas não poderão mais aguardar os passageiros dentro do aeroporto.

Muda alguma coisa na restituição de bagagens?

É importante que os passageiros também observem o distanciamento quando forem pegar as malas, evitando que todos fiquem juntos ao mesmo tempo em torno das esteiras.

(Visited 109 times, 1 visits today)

Redação Revista Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com
Email: jornalismo@midiaconsulte.com

Fone: (11) 3136-0953

Whatsapp: (11) 96948-7446

Comentários


WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com