Aeroportos brasileiros são bem avaliados, mas viajantes sugerem melhorias

Levantamento ouviu mais de 25 mil passageiros nos 20 principais terminais do país.

Por: Redação da Revista Embarque - 2 de março de 2024

Dados da Pesquisa Nacional de Satisfação do Passageiro e Desempenho Aeroportuário, referente ao 4º trimestre de 2023, apontam elevada satisfação dos viajantes com os aeroportos do país. O levantamento, realizado pela Secretaria Nacional de Aviação Civil do Ministério de Portos e Aeroportos, mostra que 92% dos 25.556 entrevistados classificam como bons (nota 4) ou muito bons (nota 5) a infraestrutura e os serviços ofertados nos principais sítios aeroportuários.

Apesar da avaliação positiva, que resultou em uma nota geral de 4,36 para os 20 principais terminais aéreos, a Pesquisa Nacional de Satisfação do Passageiro e Desempenho Aeroportuário aponta para a necessidade de melhoria em alguns setores dos aeroportos. A pior nota (3,74) foi para a disponibilidade de tomadas, item importante para quem usa celulares ou laptops nas salas de espera, por exemplo. Problemas com estacionamento também ficaram abaixo da média, com nota de 3,90.

Entre os serviços com melhores notas, na visão dos passageiros entrevistados, estão pontos como o controle migratório (4,51) e controle aduaneiro (4,48), seguidos por inspeção de segurança (4,44), o processo de check-in (4,40) e a aquisição da passagem (4,34). A pesquisa traz avaliação de acordo com a categoria do terminal, considerando a quantidade de passageiros transportados por ano. São três as categorias: aeroportos com movimentação de até 5 milhões de passageiros, terminais que transportaram entre 5 milhões e 10 milhões de usuários e sítios aeroportuários com circulação de mais de 10 milhões de viajantes.

No geral, o aeroporto de Vitória foi o mais bem avaliado (4,72), seguido de Florianópolis (4,70), Maceió (4,63), Confins (4,56) e Curitiba (4,47). Entre os terminais que movimentam mais de 10 milhões de passageiros por ano, a liderança na satisfação ficou com Brasília (4,38), seguido por Campinas (4,32) e, empatados, Santos Dumont e Guarulhos (4,25).

Realizada desde 2013, a pesquisa avalia a experiência do passageiro no momento da viagem para levantar informações que contribuam a gestão aeroportuária e o aumento da capacidade e eficiência da infraestrutura dos aeroportos do país. O entrevistado deve avaliar um total de 17 indicadores atribuindo “notas” de 1 a 5 para cada um deles. Dos 17 indicadores avaliados no quatro trimestre de 2023, 14 obtiveram média superior a 4 (bom).

(Visited 139 times, 1 visits today)

Redação Revista Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com