Aeroportos indianos reduzem o tempo de espera sem economizar em segurança

26 de maio de 2014

O segredo é a implementação de um procedimento operacional padrão e treinado pelos funcionários

Escolher entre segurança e menos tempo de espera em um aeroporto não é uma tarefa fácil. Portanto, a Força Central de Segurança Industrial (CISF) na Índia está desenvolvendo um sistema para reduzir o tempo de espera dos controles de segurança pela metade sem economizar em segurança. (fotos: Live From A Lounge / News.CN)

O segredo é bem simples: consiste no treinamento do pessoal de segurança. A partir desta semana, os funcionários terão que seguir um procedimento operacional padrão de quatro passos para detectar os passageiros e bagagens potencialmente suspeitos.

Para começar, os funcionários terão que distinguir entre um verdadeiro passageiro ou um passageiro falso ou suspeito com base em um mecanismo de perfis estabelecido pelas autoridades policiais. Uma vez feito isso, o pessoal de segurança está especialmente treinado para olhar rapidamente três importantes detalhes na passagem aérea: o número de voo, a data e hora e o número de identificação do passageiro. Se as três informações são corretas, o passageiro deve passar rapidamente pelo controle de segurança.

Enquanto os funcionários devem ficar espertos para não deixar passar nenhum detalhe, os passageiros por sua vez tem que se relaxar e ter a passagem preparada. “Nós só pedimos aos passageiros para manter a passagem na mão ou em caso de ser uma copia eletrônica também deverão mostrar o pdf original no celular. Vamos garantir que os passageiros são confiáveis no menor tempo possível”, disse Shri Om Prakash Singh, o diretor-geral da CISF.

news

Além disso, a CISF também pretende criar uma fila especial nos controles de segurança para pessoas portadoras de deficiências. Porém, por razões de espaço, essa medida só poderá se realizar nos maiores aeroportos enquanto nos demais, as pessoas portadoras de deficiência terão embarque prioritário.

Após uma pesquisa que situava o tempo de espera dos controles de segurança nos aeroportos indianos como o maior inconveniente para os passageiros, a CISF começou a trabalhar o problema. “Decidimos reduzir o tempo de verificação de segurança dos passageiros pela metade. Atualmente, os nossos funcionários demoram 7-8 minutos para revistar e identificar os passageiros, mas agora pretendemos diminuir o tempo pela metade, para cerca de 4 minutos”, explica Singh.

Os novos protocolos de segurança foram experimentados com sucesso nos terminais domésticos e internacionais do Indira Gandhi International Airport (IGIA), um dos aeroportos mais importantes da Índia, explicou Singh. A partir desta semana, as novas medidas serão treinadas pelo pessoal de segurança com o objetivo de serem estabelecidas em todos os aeroportos do país.

Apesar da introdução do novo protocolo, o tempo de espera nos controles de segurança também dependerá das facilidades oferecidas pelos operadores nos diferentes aeroportos da Índia. A disponibilidade de espaço para pessoas portadoras de deficiência, uma boa infraestrutura e uma adequada regulação dos tempos de entrada das linhas aéreas são fatores determinantes no estabelecimento de um menor tempo de espera.

Ana Abril com informações do The Times of India 

(Visited 133 times, 1 visits today)

Redação Revista Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com