Exposição “Afroconexão” valoriza protagonismo negro

A iniciativa é do Salvador Bahia Airport que integra a programação do Mês da Consciência Negra

Por: Redação Revista Embarque - 20 de novembro de 2020

No mês da Consciência Negra, o Salvador Bahia Airport anuncia uma programação que valoriza medidas em prol da diversidade, combate a todas as formas de discriminação e da promoção da igualdade racial, pilares do VINCI Airports, grupo francês que administra o Aeroporto.

Uma delas é a Exposição “Afroconexão” (foto), que está localizada em frente à Praça de Alimentação no Terminal de Passageiros. A  mostra traz o trabalho dos fotógrafos Hugo Martins e Regiane Rios, que retrataram em imagens símbolos da cultura afro que permeiam a cidade e o cotidiano das pessoas na Bahia. Além de fortalecer o protagonismo negro, a ação busca proporcionar uma experiência artística e educativa às pessoas que passam no terminal de passageiros.

Regiane Rios é curadora da exposição. Candomblecista, nordestina, mulher e negra, ela acredita que a fotografia é, sobretudo, uma ferramenta de reparação histórica e ativismo social para o povo negro. Esta convicção a conduz para uma identidade fotográfica essencialmente dirigida para narrativas humanizadas e afrocentradas.

As fotografias ficarão expostas no terminal de passageiros até meados de dezembro. Ao final da exposição, as imagens serão entregues às pessoas fotografadas como contrapartida social. O objetivo dos profissionais, que trabalham com fotografia humanizada, é ressignificar imagens de pessoas negras para elas mesmas

 AFRO TV
E as novidades não param por aí. O Aeroporto baiano firmou parceria com a  AFRO TV,  startup que reúne talentos negros para produção de conteúdo audiovisual de qualidade que informa, inspira e empodera os negros brasileiros. O lançamento do projeto será no dia 27 de novembro e contará com a divulgação de mini vídeos sobre turismo afro na Bahia.

 Selo Diversidade Étnico

 O Aeroporto de Salvador é signatário do Selo Diversidade Étnico – Racial, concedido pela Secretaria da Reparação da Prefeitura Municipal de Salvador a organizações que desenvolvem ações para promoção da igualdade racial.

“A construção de uma sociedade justa perpassa por diversas esferas, uma delas é considerar e colocar nos assuntos diários as questões étnico-raciaisainda mais estando em Salvador, a capital mais afrocentrada do Brasil. É de extrema importância que a gente crie espaços para discutir o tema, a fim de chamar atenção para os processos discriminatórios que não podem mais ser praticados, além de valorizar a cultura de matriz africana. Não se pode seguir sem considerar a formação identitária da capital da Bahia”, frisou Daniela Franco, gerente de comunicação do Salvador Bahia Airport. 

Para o público interno, o Salvador Bahia Airport estabeleceu uma programação voltada para informação e educação. No dia 20 de novembro, os funcionários participaram de um treinamento online sobre o racismo estrutural – sua origem, consequências e formas de combate. 

Grupo
A VINCI Airports é a maior operadora privada de aeroportos no mundo, responsável pela administração e  desenvolvimento e operação de 45 aeroportos localizados no Brasil, Camboja, Chile, Costa Rica, República Dominicana, França, Japão, Portugal, Sérvia Suécia, Reino Unido e Estados Unidos.  A rede opera com mais de 250 linhas aéreas e 
ransportou mais de 255 milhões de passageiros em 2019.

(Visited 121 times, 1 visits today)

Redação Revista Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com
Email: jornalismo@midiaconsulte.com

Fone: (11) 96948-7446

Whatsapp: (11) 96948-7446