Passageiros chineses fazem viagem “fake” para matar saudade de voar

A iniciativa foi do aeroporto de Songshan, na cidade de Taipei

Por: Redação Revista Embarque - 3 de julho de 2020

Uma atitude divertida e, sem dúvida, uma boa estratégia de marketing o Aeroporto de Songshan, na cidade de Taipei, matou a saudade dos passageiros em viajar de avião. (Foto:REUTERS/Ann Wang) 

Em matéria publicada pela agência britânica Reuters, cerca de 60 pessoas viajaram de “mentirinha” no último dia 2 de julho. O aeroporto divulgou a ação nas redes sociais e 7000 pessoas inscreveram-se para ganhar esta experiência e os vencedores foram escolhidos aleatoriamente.

Após receberem os seus bilhetes, os passageiros passam pelo controle de segurança e de imigração, antes de embarcarem num Airbus A330 da China Airlines  –  o maior avião da companhia aérea de Taiwan.

Os passageiros aproveitaram e conheceram as inovações feitas no aeroporto durante o confinamento e as medidas de segurança  implementadas para prevenir a transmissão do coronavírus.

“Espero que a pandemia acabe rapidamente, para que possa realmente voar”, disse uma das participantes que embarcou no projeto-piloto.

Com a decisão de fechar as fronteiras em março (mês em que foram detetados o maior número de casos na República da China), o governo chinês suspendeu os voos internacionais.

Veja a experiência dos passageiros chineses que viajaram de mentira

(Visited 99 times, 1 visits today)

Redação Revista Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com
Email: jornalismo@midiaconsulte.com

Fone: (11) 3136-0953

Whatsapp: (11) 96948-7446

Comentários


WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com