Troco esquecido nos aeroportos é usado em segurança nos EUA

3 de janeiro de 2014

Em 2012, as moedas deixadas para trás somaram 500 mil dólares.

Tirar as chaves, o celular e o troco do bolso é parte do processo obrigatório para todos os passageiros que passam pelo posto de controle dos aeroportos. Consequentemente, inúmeros objetos pessoais são esquecidos nos fundos das caixas dispostas nos pontos de segurança e nunca mais são reclamados. Por conta disso, nos EUA, os objetos de valor esquecidos são usados pela Administração de Segurança do Transporte (TSA) do país. (fotos: Divulgação / Michael Nagle-Getty Images)

As moedas e objetos de valor encontrados são convertidos em investimentos de segurança pelo órgão. Em 2012, a moedas esquecidas nos mais de 450 aeroportos dos EUA somaram meio milhão de dólares. “Não podemos devolver o troco para os passageiros, já que muitas vezes eles o esquecem no check-point e não reclamam mais por ser uma quantidade pequena. Por isso, nós o recolhemos e o documentamos”, conta Lorie Dankers, a porta-voz da TSA. “Depois, esse dinheiro vai para o escritório financeiro. Pela lei, estamos obrigados a usar esse dinheiro para as operações de segurança da TSA”, explica.

TSA workerFuncionária do TSA no posto de controle

Em 2005, o Congresso dos EUA aprovou uma lei que permitia à administração de segurança ficar com o troco esquecido e usá-lo para melhorar a segurança dos aeroportos. As moedas dos passageiros distraídos é investida na implementação de sistemas de detecção de explosivos na bagagem, por exemplo.

A lei, no entanto, não agrada a todos. Com 1.8 milhão de passageiros passando a cada dia pelos aeroportos do país, muitos acham que o dinheiro deveria ser aplicado de outra forma. “Eu acho que provavelmente o dinheiro poderia ser mais bem utilizado se fosse mantido localmente, talvez para a cruz vermelha ou outra organização local”, diz o passageiro Lynn Zander. Outros passageiros, porém, parabenizam o destino do troco esquecido. “O justo é que o dinheiro seja devolvido para os passageiros que pagam os impostos através das passagens. Por outro lado, sei que se está fazendo alguma coisa com meus 50 centavos esquecidos”, disse John Rothstein, outro passageiro.

A porta-voz do TSA conta que a pressa é a principal causa dos objetos esquecidos nos postos de controle. “Quando as pessoas passam pelo posto de segurança do aeroporto elas estão com pressa e nervosas e dessa forma esquecem seus objetos de valor”, diz Dankers. Segundo ela, a melhor forma de evitar isso e não perder dinheiro é guardar o troco e os objetos de valor num bolso com zip.

Ana Abril com informações do Kmot-TV e do Silo Breaker 

 

(Visited 138 times, 1 visits today)

Redação Revista Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com