Viracopos recebe carga com 726 mil testes COVID-19 para Instituto Butantan

Em média, o aeroporto tramita 28 mil Declarações de Importação por mês, além de 13 mil exportações mensais.

Por: Redação Revista Embarque - 16 de outubro de 2020

Depois de mais de dois dias de viagem, uma aeronave cargueira vinda da Coreia do Sul pousou no último dia (14) no Terminal de Carga do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), como 726 mil testes (7.260 kits) para a identificação da COVID 19, encomendados pelo Instituto Butantan. Os kits serão usados pelo governo do Estado de São Paulo no combate à doença.

A aeronave decolou do Aeroporto Internacional de Incheon, o maior aeroporto da Coreia do Sul e um dos mais movimentados do mundo, e fez uma escala no Aeroporto de Frankfurt, na Alemanha, antes de seguir para o Aeroporto Internacional de Viracopos. (foto: Viracopos)

De acordo com a programação do Instituto Butantan, um segundo carregamento deve chegar ao Brasil nos próximos dias com mais 550 mil testes (5.500 kits), também embarcado na Coreia do Sul. Cada kit contém 100 testes de análise.

O Instituto Butantan, com sede na capital paulista, integra o esforço coordenado pelo governo do Estado de São Paulo para controlar a disseminação da COVID-19. O laboratório montado no Instituto para detecção do SARS-COV-2 (coronavírus) é parte desse esforço.

“O desembarque ocorreu de forma ágil e segura no Terminal de Carga de Viracopos. O aeroporto concentra seus esforços e utiliza sua moderna e eficiente infraestrutura logística nesta ação conjunta para auxiliar o país a suprir equipamentos e medicamentos neste momento de grave crise”, disse o diretor-presidente da Concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, Gustavo Müssnich.

Viracopos
Um levantamento realizado pela Alfândega da Receita Federal em Viracopos e pela a concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, administradora do aeroporto, mostrou recentemente que o Terminal de Carga de Viracopos atingiu o maior número de Declarações de Importação dentre todos os aeroportos do Brasil nos últimos doze meses, consolidando-se como principal porta de entrada de produtos por via aérea e demonstrando, com números, a relevância econômica e logística do aeroporto na cadeia produtiva industrial brasileira.

A pesquisa mostra ainda que, se consideradas todas as Aduanas (terrestres, marítimas e aéreas), o Terminal de Carga de Viracopos só ficou atrás do Porto de Santos, na Baixada Santista, em termos de importação de mercadorias. Em média, o aeroporto tramita 28 mil Declarações de Importação por mês, além de 13 mil exportações mensais.

De acordo com o levantamento, são quase 10 mil importadores diferentes, sendo que um em cada quatro importadores nacionais utilizam o aeroporto. No caso dos exportadores, são 10,5 mil, sendo que 25% de todos os exportadores nacionais também utilizam o Terminal de Carga de Viracopos.

“Além de grande terminal de passageiros, Viracopos possui um dos mais modernos e importantes terminais de Cargas do Brasil. Recentemente, por exemplo, o aeroporto tem recebido mais de 20 Declarações de Importação por dia de equipamentos e medicamentos ligados ao combate da COVID-19”, disse Fabiano Coelho, delegado-titular da Alfândega da Receita Federal do Brasil no Aeroporto Internacional de Viracopos.

Segundo ele, o Terminal de Carga também recebe o maior número de importações aos finais de semana, se considerado apenas os finais de semana, superando até o Porto de Santos.

(Visited 88 times, 1 visits today)

Redação Revista Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com
Email: jornalismo@midiaconsulte.com

Fone: (11) 3136-0953

Whatsapp: (11) 96948-7446

Comentários

[vivafbcomment width="100%" count="off" num="6"]