92% dos turistas e jornalistas aprovam segurança na Copa

15 de julho de 2014

O Brasil recebeu mais de 4 milhões de pessoas no maior torneio do planeta

Mais de 4 milhões de turistas circularam pelo Brasil durante a Copa do Mundo. A grande maioria aprovou a segurança pública do país, que foi referendada por 92% dos visitantes estrangeiros, 83,8% dos turistas nacionais e 81,8% dos jornalistas de outros países, segundo dados revelados nesta segunda-feira (14).

Os dados são da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE) e foram apresentados durante coletiva à imprensa realizada pela presidente da República, Dilma Rousseff, sobre avaliação da Copa do Mundo, encerrada no domingo (13). O evento contou com 16 ministros, entre eles José Eduardo Cardozo (Justiça) e Vinícius Lages (Turismo), que apresentou a pesquisa.

Lages informou que 1.015.035 estrangeiros de 202 países visitaram 378 cidades do Brasil no período da Copa, sendo que 61% vieram pela primeira vez. “Foram ouvidos 6.627 visitantes em 12 aeroportos e 10 fronteiras secas, dos quais 92% fizeram uma avaliação positiva da segurança pública oferecida no Brasil, tanto que 95% disseram ter a intenção de retornar”, revelou.

Entre os 3.056.397 turistas brasileiros que se movimentaram pelo país durante a Copa, 83,8% aprovaram a segurança pública. “Foram ouvidos 6.039 brasileiros nas proximidades dos estádios, aeroportos, atrativos turísticos, rodoviárias e FanFests. Já 81,8 dos 438 jornalistas internacionais que foram ouvidos em nove cidades-sede também referendaram a segurança oferecida.

Segundo o ministro Cardozo, a segurança pública para a Copa do Mundo começou a ser preparada em agosto de 2011 e priorizou o planejamento, a gestão integrada, a ação de inteligência e os recursos financeiros. “Tudo foi realizado em parceria com os entes federativos, com todas as forças de segurança”, explicou.

O legado da Copa também foi destacado. “Desde o primeiro instantes tínhamos absoluta segurança que poderíamos fornecer um plano, e conseguimos, sim, apresentar um bom padrão de segurança pública no país. E essa segurança pública vai ficar para o país, através dos investimentos em equipamentos e capacitação de profissionais, mas principalmente através da integração das forças nacionais e internacionais de segurança”, reforçou.

A secretária Nacional de Segurança Pública do MJ (Senasp), Regina Miki, e o secretário extraordinário de Segurança Para Grandes Eventos (Sesge), Andrei Augusto, também participaram do evento.

Com Ministério da Justiça

(Visited 269 times, 1 visits today)

Redação Revista Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com
Email: jornalismo@midiaconsulte.com

Fone: (11) 96948-7446

Whatsapp: (11) 96948-7446