Troca de papéis: cachorros “adotam” pessoas solitárias na Austrália

7 de julho de 2014

Campanha apresenta os animais de estimação como companheiros e uma válvula de escape para a correria diária

Imagine um cão se oferecendo para ser companheiro de alguém. Um programa australiano de adoção utilizou esse conceito para conseguir  novos donos aos amigos de pelo. Os animais de estimação são apresentados como companhias para pessoas solitárias.

Criada pela entidade “The Lost Dogs Home”, a campanha resolveu dois problemas  de uma vez só. Ao mesmo tempo em que os cães conseguiram um lar, os novos donos também ganharam um novo parceiro e uma válvula de escape para  a correria do dia a dia.

A ação busca resgatar as pessoas que ficam presas em seus trabalhos durante mais de nove horas ao dia, incentivando-as a saírem às ruas para uma caminhada com seus novos animais de estimação.

Ação

Em um dia de campanha, realizada em um parque de Melbourne (Austrália), mais de cinco mil pessoas foram “resgatadas” de seus locais de trabalho e todos os cachorros disponíveis foram adotados. Veja a seguir, o vídeo da ação e alguns materiais utilizados para a iniciativa:

The Human Walking Program from Jake Barrow on Vimeo.

adote_1

“O estresse deixou essa pobre criatura sentido-se muito ansiosa e emocional. Ela precisa ir caminhar.”

adote_2

“Por nove horas por dia ele é guardado numa caixinha e é ignorado. Ele precisa ir caminhar.”

“Presa à uma mesa sem nada além de um mouse para entretê-la.Ela precisa ir caminhar.”

“Presa à uma mesa sem nada além de um mouse para entretê-la.Ela precisa ir caminhar.”

 

* Com informações do Forest e agências 

 

(Visited 481 times, 1 visits today)

Redação Revista Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com
Email: jornalismo@midiaconsulte.com

Fone: (11) 96948-7446

Whatsapp: (11) 96948-7446