Anvisa determina fim da obrigatoriedade do uso de máscaras nos aeroportos e aeronaves

O que permanece obrigatório é o fornecimento, por parte da tripulação, de máscaras faciais para casos suspeitos durante os voos.

2 de março de 2023

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou comunicado, no dia 1º de março, informando que o uso de máscaras em aeroportos e aeronaves não será mais obrigatório, mas apenas recomendado. A diminuição no número de casos de covid-19 no Brasil e o avanço da vacinação pelo País foram decisórios para a tomada de decisão pela Anvisa. No entanto, a Agência reguladora continua recomendando o uso da máscara.

Em comunicado, a ANAC  reforça que  as ações determinadas pela Anvisa ao setor e implementar medidas técnicas auxiliares para a viabilidade de um transporte aéreo seguro e eficiente para passageiros e profissionais. Embora não haja mais a obrigatoriedade no uso de máscaras, há a obrigatoriedade do fornecimento, por parte da tripulação, de máscaras faciais para casos suspeitos durante os voos.

Foram mantidas, pela Anvisa, outras medidas de controle sanitário, como o desembarque por fileiras, para evitar aglomeração; o impedimento de viagens para casos confirmados de covid-19; a exigência de limpeza e a desinfecção de ambientes e aparelhos de ar-condicionado; e os avisos sonoros sobre o uso de máscara em aeroportos e aeronaves.

(Visited 146 times, 1 visits today)

Redação Revista Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com