Entidades sindicais da aviação defendem periculosidade para aeroviários

A ABEAR propôs uma revisão dessa norma que garante esse direito para a categoria.

Por: Viviane Barbosa, da Redação da Revista Embarque - 26 de junho de 2024

Foto: Estudo do Diesat

A saúde e a segurança dos aeroviários que trabalham no pátio de manobras e hangares nos aeroportos correm risco. Esse alerta é da FENTAC (Federação dos Trabalhadores em Aviação Civil) e da FUSA (Federação Única do Setor Aéreo), entidades sindicais que representam os trabalhadores no país.

Segundo as entidades sindicais, a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) propôs uma revisão da Norma Regulamentadora do Trabalho (NR 16) que garante hoje o pagamento de um adicional de periculosidade para os funcionários que trabalham nas pistas e pátios. Eles são responsáveis pelo abastecimento da aeronave, ficam debaixo do avião e estão expostos todos os dias ao cheiro de querosene e gasolina da aviação, que são poluentes e tóxicos.

Para barrar essa medida das empresas, os representantes dos trabalhadores da aviação apresentaram à Comissão Tripartite Paritária Permanente (CTPP) em Brasília, no dia (25),  documento do DIESAT ( Departamento Intersindical Estudos Pesquisas de Saúde e Ambiente de Trabalho) que defende a manutenção do adicional de periculosidade para os trabalhadores da pista e hangares. Essa Comissão reúne representantes do governo federal, das empresas aéreas e dos sindicatos de trabalhadores.

“Foi uma excelente apresentação. Citei a antipatia, a falta de ética e o desprezo pela vida humana por parte da bancada patronal. Antipatia porque não é cabível uma mudança na NR16 sendo que o perigo existe. O querosene da aviação pega fogo e tem maior risco de explosão. Além de fazer mal para a saúde do trabalhador e para o meio ambiente” disse o presidente da FENTAC, Paulo Alexandre.

Segundo o dirigente, a luta em defesa da  NR16 continuará em outubro com a realização de um debate ampliado com a participação das empresas e trabalhadores.

(Visited 184 times, 1 visits today)

Redação Revista Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com