GRU Airport sobe na avaliação dos passageiros

8 de fevereiro de 2015

Concessionária GRU Airport já investiu R$ 3,51 bilhões

O Aeroporto Internacional de Guarulhos foi o que mais subiu de nota dentre os 15 principais aeroportos avaliados na pesquisa e que respondem por 95% da movimentação no Brasil, segundo Secretaria de Aviação Civil (SAC). (foto: Vitor Coelho Nisida – flickr) 

Nas três pesquisas anteriores, o terminal passou de 3,09 no segundo trimestre de 2014, para 3,46 no semestre seguinte, e agora chegou a 3,73. O crescimento tem uma explicação: o terminal ainda passa por transformações que trarão ainda mais melhorias na prestação de serviço ao usuário.

De fevereiro de 2013 – data em que a concessionária GRU Airport assumiu o comando do aeroporto – a setembro de 2014 foram investidos R$ 3,51 bilhões.

O valor representa 78% do montante previsto no contrato de concessão, que é de R$ 4,5 bilhões para os 30 anos de contrato. De acordo com a operadora, outras melhorias ainda devem ser realizadas, mesmo que não estejam registradas no documento.

Após a entrega do terminal 3, em maio de 2014, o foco é a modernização dos terminais 1 e 2, com conclusão prevista para o segundo semestre de 2016.

O corredor de circulação nos saguões passará de três para sete metros de largura, as estruturas metálicas antigas – da década de 1980 – estão sendo trocadas e as áreas de check-in, restituição de bagagem e embarque e desembarque ampliadas.

“Os passageiros estão vendo de perto as melhorias acontecerem dia após dia. Guarulhos é uma verdadeira cidade, o segundo maior aeroporto do hemisfério sul em termos de circulação de passageiros por ano. É uma cidade em construção. Mais moderna, confortável e de primeiro mundo”, argumenta o ministro da Aviação, Eliseu Padilha.

Ranking

O aeroporto paulista recebe 40 milhões de viajantes por ano, perdendo apenas para Sydney, na Austrália. As mudanças em Guarulhos também trarão agilidade operacional. Hoje os terminais 1 e 2 contam com duas áreas de raio-x cada.

No novo projeto, os passageiros acessarão a área de embarque por um único local, o que reduzirá o número de entradas para a área restrita, trazendo maior segurança.
Após a conclusão das obras, o Terminal 1 será de uso exclusivo para voos nacionais. Já o 2 acolherá voos domésticos e internacionais de curta distância.
Além disso, dentro da área restrita compartilhada, será montada a chamada “Avenida GRU”, espaço destinado a lojas, restaurantes e bares, com vista para o pátio de aeronaves.

 

Redação Embarque com Secretaria de Aviação Civil 

(Visited 108 times, 1 visits today)

Redação Revista Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com
Email: jornalismo@midiaconsulte.com

Fone: (11) 96948-7446

Whatsapp: (11) 96948-7446