Qatar Airways é segunda aérea do mundo com certificação de baterias de lítio

Aumentar a conscientização sobre o manuseio dessas baterias ajudará a melhorar a segurança de voo, informa a companhia

Por: Redação da Revista Embarque - 10 de janeiro de 2023

A Qatar Airways tornou-se a segunda companhia aérea do mundo a obter a certificação IATA CEIV Lithium Battery. A Qatar Aviation Services é a primeira empresa de assistência em escala a ser certificada globalmente.

A certificação visa melhorar a segurança no manuseio e transporte de baterias de lítio em toda a cadeia de abastecimento. Tanto a Qatar Airways quanto a Qatar Aviation Services desempenharam um papel fundamental no projeto de implementação do recente programa de bateria de lítio CEIV da IATA e continuam ativamente envolvidos em seu ajuste fino e adaptação.

O CEO do Qatar Airways Group, Akbar Al Baker, disse: “A segurança dos passageiros e da carga é nossa maior preocupação em todos os momentos, e temos defendido continuamente a regulamentação adequada no transporte de baterias de lítio. Estamos felizes por ser a segunda companhia aérea certificada e encorajamos todos os participantes da indústria aérea a buscarem a certificação. Como setor, devemos nos concentrar na prevenção ativa de riscos e isso é alcançado por meio de regulamentação, treinamento e conformidade rigorosos”.

Guillaume Halleux, Chief Officer Cargo da Qatar Airways Cargo, acrescentou: “As baterias de lítio desempenham um papel enorme em nossa vida diária, desde os brinquedos que compramos para nossos filhos até os laptops que usamos todos os dias e os carros que dirigimos, para citar apenas alguns exemplos. No entanto, eles também representam um enorme risco diário para viagens aéreas e transporte: um risco que a Qatar Airways sempre destacou e trabalhou para prevenir da melhor maneira possível. Estamos felizes em ver isso agora começando a acontecer com as empresas do setor de carga aérea voluntariamente submetidas à certificação CEIV Lithium Battery.”

“Nosso plano agora é trabalhar com nossos parceiros globais, agentes terrestres, expedidores e despachantes de carga para garantir um entendimento sólido e comum dos riscos da movimentação de baterias de lítio e promover mudanças positivas no setor”, continua ele.

Halleux pediu uma regulamentação mais rápida e adoção de conformidade em relação às baterias de lítio em seu discurso principal no Simpósio Mundial de Carga em Dublin em outubro de 2021. Pouco depois, a Qatar Airways Cargo anunciou a transferência completa de sua frota de mais de 10 mil containers para os recém-desenvolvidos containers resistentes ao fogo da Safran, projetados para resistir a um incêndio à base de lítio por até 6 horas. Até o momento, já trocou 9 mil de seus containers, superando a meta de 70% que se propôs para 2022, e dará continuidade ao processo de troca em 2023.

As baterias de lítio são amplamente utilizadas em uma variedade de produtos de consumo, desde smartphones a patinetes elétricos, enquanto os riscos associados ao seu uso e transporte entre os consumidores não são bem conhecidos. Como operadora de rede global e grupo integrado de empresas de aviação, esses potenciais problemas são de extrema importância para a Qatar Airways e a Qatar Airways Cargo. Portanto, aumentar a conscientização sobre o manuseio de baterias de lítio ajudará a melhorar a segurança no setor de transporte aéreo.

O programa de certificação do Centro de Excelência para Validadores Independentes de Baterias de Lítio (CEIV Li-batt) garantirá que os elementos da cadeia de suprimentos envolvidos no envio dessas baterias sejam capazes de atender aos requisitos regulamentares. A CEIV Lithium Batteryé a certificação CEIV mais recente da IATA. Está de acordo com certificações semelhantes para o manuseio de produtos farmacêuticos, perecíveis e animais vivos.

(Visited 126 times, 1 visits today)

Redação Revista Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com