Voos domésticos caem 52% em março com agravamento da pandemia

O levantamento é da Associação Brasileira das Empresas Aéreas

Por: Redação Revista Embarque - 17 de março de 2021

Com o agravamento da pandemia do novo coronavírus no país, as companhias aéreas nacionais registram, em março, uma média de 1.258 partidas diárias domésticas, ou praticamente a metade (52,4%) da quantidade de decolagens do início de março de 2020, antes das medidas de isolamento social e fechamento de fronteiras.

Isso é o que mostra um levantamento da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), com dados da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). (Foto:  Ahmed Muntasir |Pexels)

Essa queda acontece após as empresas aéreas terem registrado desde maio uma retomada gradual da demanda por voos domésticos, alcançando o pico de 1.798 decolagens diárias em janeiro, ou 75% da oferta diária de partidas em relação ao início de março de 2020.

O recrudescimento da pandemia já havia impactado a quantidade de voos em fevereiro, quando a média diária recuou para 1.469, o que equivale a 61,2% da malha aérea pré-crise.

(Visited 91 times, 1 visits today)

Redação Revista Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com
Email: jornalismo@midiaconsulte.com

Fone: (11) 96948-7446

Whatsapp: (11) 96948-7446