Dia Mundial do Turismo: setor se reinventa diante da pandemia

Levantamentos apontam que o segmento acumula em todo o país uma queda de faturamento de mais de R$ 180 bilhões

27 de setembro de 2020

No ano em que a Organização Mundial do Turismo (OMT) celebra a capacidade do setor de criar oportunidades no campo e contribuir para o desenvolvimento rural, o turismo está se
reinventando a partir de viagens com deslocamentos curtos, atividades ao ar livre e distanciamento social. (foto:  Pixabay )

O setor foi um dos mais impactados pela pandemia de covid-19. Levantamentos apontam que o segmento acumula em todo o país uma queda de faturamento de mais de R$ 180 bilhões desde o início da crise sanitária, que resultou no fechamento de mais de 440 mil empregos formais.

Preocupados com a recuperação do setor, o primeiro a parar por causa da pandemia, senadores apresentaram uma série de projetos para amenizar as perdas e acelerar a retomada do turismo.

O presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR), Izalci Lucas (PSDB-DF), lamentou a situação das empresas do setor. Ele destacou a aprovação de uma série de linhas de crédito para empresas no Congresso e apontou que o Dia Mundial do Turismo serviu, sobretudo, para reflexão sobre como superar a crise e para pensar o período pós-pandemia.

MPs

Além da MP 963/2020, que liberou crédito de R$ 5 bilhões para auxiliar empreendimentos turísticos, o Senado aprovou outras iniciativas do governo para estancar as perdas do segmento turístico e regulamentar os direitos dos consumidores nesse período atípico. É o caso MP 948/2020, editada para detalhar regras de adiamento ou cancelamento de eventos, serviços ou reservas nos setores de cultura e turismo devido à pandemia de covid-19. Aprovada pelos parlamentares, a proposta foi sancionada (Lei 14.046, de 2020).

Outra medida provisória aprovada durante a pandemia, a MP 907/2019 transforma o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) em uma agência com status de serviço social autônomo. O texto, sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro com vetos, é hoje a Lei 14.002, de 2020, e também trata de benefícios tributários sobre o pagamento de leasing de aeronaves e motores da aviação comercial.

A seguir, destacamos atributos dessa atividade que  movimenta a economia e o imaginário coletivo e celebrou no domingo (27)  Dia Mundial do Turismo:

 

O turismo EXERCITA A TOLERÂNCIA
As viagens valorizam o respeito às diferenças e á empatia pelo próximo. Esta é uma das razões pelas quais a própria Organização das Nações Unidas (ONU) passou a reconhecer o turismo
como uma atividade que ajuda a promover a paz.

O turismo PROPORCIONA O ENCONTRO COM A FÉ
O complexo do Santuário Nacional de Aparecida (imagem) recebe cerca de 13 milhões de peregrinos por ano. A basílica dedicada à santa, construída em 1955, se tornou um dos
principais destinos religiosos do estado e do país.

O turismo PROMOVE NOVOS NEGÓCIOS
Os eventos turísticos promovem parcerias, articulam setores e geram trocas de experiências que impulsionam mais de 50 segmentos ligados indiretamente ao turismo. O turismo de
negócios é uma das grandes forças do estado, ao lado do lazer.

O turismo APRESENTA AO VIAJANTE NOVOS SABORES
A gastronomia é um dos segmentos turísticos que mais ganhou seguidores na última década. A culinária revela mais do que novos sabores, ela traz consigo a história e a tradição regionais.

O turismo DESTACA A VOCAÇÃO DOS DESTINOS
Seja aventura, negócios, gastronomia ou natureza, a atividade turística tem a capacidade de divulgar as atrações de um destino e fazê-lo conhecido por suas potencialidades.

(Visited 16 times, 1 visits today)

Redação Revista Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com
Email: jornalismo@midiaconsulte.com

Fone: (11) 3136-0953

Whatsapp: (11) 96948-7446

Comentários

[vivafbcomment width="100%" count="off" num="6"]