Saiba como o corpo reage com a falta de água

Pesquisadora americana revela os principais impactos ao organismo

27 de abril de 2016

A água, sendo um solvente universal, fornece nutrientes ao corpo, regula a temperatura corporal e lubrifica os olhos e articulações. Ela ainda ajuda no bom humor e hidratação da pele. Portanto, é fácil perceber como esse líquido é importante para a o organismo humano, uma vez que o mesmo é formado por 60% desse solvente.

No entanto, algumas perdas podem ocorrer por meio da urina, do suor ou quando respiramos. Elas podem desencadear diabetes, colesterol alto, problemas digestivos e fadiga.

Segundo a pesquisadora americana, Mia Nacamulli, quando o corpo se desidrata, as terminações nervosas do cérebro – localizadas no “centro da sede” (OCPTL) – enviam sinais para a liberação de um hormônio antidiurético.

“Esse hormônio estimula a retenção de água no corpo, tornando a urina escura e com um cheiro mais forte. É durante esse processo também que a saliva fica escassa e a vontade de urinar diminui”, revela Mia.

Quanto por dia?

A quantidade certa ingerida de água depende do organismo de cada pessoa, mas, de acordo com a pesquisadora, o mais recomendável é que os homens bebam entre 2,5 e 3,7 litros por dia e as mulheres, de 2 a 2,7 litros. É importante ficar alerta também para o excesso do líquido. Ele pode trazer riscos à saúde.

Substituição

Aqueles que não gostam de água podem consumi – lá de outras formas: ingerindo frutas e verduras com grande quantidade do líquido, como o melão ou o pepino.

Mas os médicos advertem: não se pode substituir água por refrigerante. De preferência para tomar água ao invés de bebidas açucaradas.

Redação Embarque

Email: embarque@revistaembarque.com
Email: jornalismo@midiaconsulte.com.br

Fone: (11) 3101-1912

Comentários